segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Outono com cheiro a castanhas...

 

 

No Dia de S. Martinho e manda a tradição que no Magusto a castanha seja rainha. Coincidência, ou talvez não, a verdade é que por estes dias costuma estar sempre bom tempo.

Os meses de outubro, novembro e dezembro marcam a colheita das castanhas. A plantação de um castanheiro e as árvores podem atingir até 20 metros de altura.
A castanha é usada na alimentação desde os tempos pré-históricos. É uma excelente fonte de energia, rica em vitaminas C e B6 e uma boa fonte de potássio. Os especialistas referem a castanha como uma fonte de fibra alimentar, rica em água, com baixo teor em gordura - não tem colesterol -, uma fonte apreciável de vitaminas (nomeadamente vitamina C e folatos) e minerais (essencialmente potássio, fósforo e magnésio).

A história de S. Martinho de Tours

Conta-se que, em 300 d.C., um cavaleiro do exército romano regressava à Gália quando, durante uma tempestade, um mendigo pediu-lhe uma esmola. Como não teria valores, cortou o manto com a espada e deu metade ao pobre. Nessa altura, a tempestade desapareceu e ficou um sol radioso. O Verão de S. Martinho estava feito. Lendas à parte, S. Martinho foi um dos principais impulsionadores da fé cristã na Gália, hoje França. É patrono, entre outros, dos alfaiates, dos cavaleiros, dos pedintes e dos trabalhadores de restauração.

 (Informação retiradode: http://visao.sapo.pt/visaojunior)

As tradições do dia de São Martinho

O dia de São Martinho é festejado um pouco por toda a Europa, mas as celebrações variam de país para país. Em Portugal é tradição fazer-se um grande magusto (..). 
De acordo com alguns autores, como José Leite de Vasconcelos e Ernesto Veiga de Oliveira, a realização dos magustos remonta a uma antiga tradição de comemoração do Dia de Todos os Santos, onde se acendiam fogueiras e se assavam castanhas. Em outros países, como na Alemanha, acendem-se fogueiras e fazem-se procissões, e em Espanha matam-se porcos, tradição que deu origem ao ditado popular “a cada cerdo le llega su San Martín” (“cada porco tem o seu São Martinho”). Também no Reino Unido existe a expressão “verão de São Martinho” que, apesar de já raramente utilizada, está também ligada com a crença de que o tempo melhora nos dias que antecedem o feriado.
  
(Informação retiradode:http://observador.pt)

Nenhum comentário:

Postar um comentário