quarta-feira, 4 de março de 2015

...brr que frio!


   Muitos alunos portugueses passam frio e são sujeitos a uma má qualidade de ar dentro das salas de aula, revela um estudo da associação portuguesa para a defesa dos consumidores Deco, segundo o qual quatro em cada cinco escolas têm temperaturas baixas e excesso de humidade no ar.
   Estas são as principais conclusões de dois estudos realizados com base em 40 salas de 20 escolas de todo o país, realizados em Fevereiro, e agora publicados nas revistas “Pro Teste” e “Teste Saúde”.
   De acordo com a Deco, muitas escolas portuguesas são frias, húmidas e com ar interior de má qualidade, os edifícios estão degradados e não têm ventilação adequada. "Em 16 das 20 escolas estudadas, há excesso de humidade no ar e temperaturas baixas", tendo numa das salas de aula chegado a registar-se 13ºC. 
   Na origem dos maus resultados relativamente ao aquecimento poderão estar defeitos de construção, adianta a associação.
   Os resultados deste estudo foi já remetido pela associação aos ministérios da Educação, Obras Públicas e Saúde, para que sejam tomadas as medidas necessárias.

  (informaçãoes retirados da página: http://www.publico.pt/)

Os alunos da turma A do quinto ano são, também eles, testemunhos do frio e da humidade que vigoram nas instalações da nossa escola e resolveram pedir o apoio da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Caminha através da seguinte carta: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário