quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Centenário do Armistício

Escrita criativa:

Senti tristeza quando ouvi os poemas sobre a guerra, sobre pessoas como nós que morreram.
Estes poemas surpreenderam-me porque falam de soldados mortos a tiro, mas ao mesmo tempo, falam dos campos, da natureza. Acho que os poetas querem passar uma mensagem: mesmo com a guerra e as mortes, as flores continuam a florescer e os pássaros a cantar porque a vida continua. Os poemas dizem que foi preciso lutar e ganhar essa guerra para chegar à paz.
Gustavo R, 5.º A

Na comemoração do Armistício, com a leitura de vários poemas pelos alunos de sexto ano,  recebemos papoilas vermelhas. Descobrimos que as as papoilas, no Reino Unido, simbolizam o sangue derramado pelos soldados britânicos e, em França, o sacrifício dos soldados é simbolizado pela flor centáurea-azul.
Os poemas faziam-me sentir triste, principalmente os das papoilas floridas nos campos de Flandres.
Gabriel P., 5.º A
O que mais me marcou nesta comemoração foi o significado das flores que representam uma homenagem aos soldados que perderam a vida nos terríveis combates dessa guerra. As flores deram origem a campanhas de solidariedade para os sobreviventes. O símbolo da papoila vermelha nasceu do poema Campo de Flandres.
Mónica G., 5.º A

Este dia do Armísticio tornou-se o dia de lembrança em homenagem aos soldados e sobreviventes da Grande Guerra.
Entre esses homens homenageados, fiquei a saber que o Soldado Milhões era um soldado português e chamava-se Aníbal Milhais. Este soldado foi o mais condecorado em Portugal, devido à sua grande coragem na Primeira Guerra Mundial.
Afonso V., 5.º A

Senti desgosto ao saber que nesta guerra muitas pessoas morreram, muitos jovens. 
Surpreendeu-me a forma terrível como os soldados combatiam nas trincheiras. Este dia do Armistício é um dia triste porque esta guerra durou muito tempo, quatro anos de 1914 a 1918!
Pedro D., 5.º A 

Comemoramos o Armistício de Compiègne, o tratado assinado entre os aliados e a Alemanha para por fim à Primeira Guerra Mundial. Fiquei impressionado e muito triste com o número de vítimas: mais de 20 milhões de mutilados e quase 10 milhões de soldados mortos!
Lucas D., 5.º A


Nenhum comentário:

Postar um comentário