sexta-feira, 24 de abril de 2020

Um dia de cada vez: Ideias ilustradas para a quarentena


Durante esta quarentena, de segunda a sexta, David Machado (escritor) e Paulo Galindro (ilustrador) publicam uma página ilustrada com ideias e sugestões para crianças (e não só) que estão em casa. Um Dia de Cada Vez lê-se no Facebook mas pode vir a dar um livro.

David Machado e Paulo Galindro, os autores de livros como O Tubarão na Banheira e Uma Noite Caiu uma Estrela, lançaram-se nesteprojeto por conta própria e propõem-se a publicar um texto ilustrado, com “sugestões, ideias e instruções para quem está fechado em casa”.


A ideia nasceu depois de as escolas terem fechado, e de David Machado ter ficado confinado em casa com os filhos. “Precisava de escrever qualquer coisa para me manter ativo”, conta. O desafio a Paulo Galindro “foi imediato”, pela empatia que existe entre os dois. “Ele escreve como eu ilustro”, confirma o ilustrador e arquiteto, que também já desenhou para livros de Luís Sepúlveda e de António Mota, entre outros.


Um Dia de Cada Vez é escrito como se fosse um diário. Nunca vê a ilustração de Paulo Galindro antes desta ser publicada no dia seguinte. “Fico emocionado, é um desenho que surge horas depois de escrever, o que quase nunca acontece. Através da ilustração consigo olhar para o texto de outra forma”, conta.

A cada dia, pode-se sorrir, soltar uma gargalhada ou uma lágrima de emoção na leitura destas pequenas histórias ilustradas. 
A pedido de muitos seguidores, e a pensar nos países mais afetados pela Covid-19, o projeto Um Dia de Cada Vez está já a ser traduzido para espanhol, italiano, francês e, em breve, para inglês. Quem sabe se, depois disto tudo, também ganhe a forma de um livro. 


(Informações retiradas do texto da jornalista Florbela Alves, em https://visao.sapo.pt/ )


Nenhum comentário:

Postar um comentário