sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Dia Escolar da Não Violência e da Paz

No dia 30 de janeiro, os alunos de 4.º ano da turma VA 4A, orientados pela sua professora, celebraram o Dia Escolar da Não Violência e da Paz. Realizaram, com muito empenho e responsabilidade, várias atividades a partir da leitura orientada, partilhada e autónoma da obra " O Pássaro da Alma" de Michal Snunit. 
Refletiram sobre umas gavetas muito especiais, onde são guardadas todas as nossas emoções e todos os nossos segredos.  Revelaram que, em muitas situações, as gavetas da intolerância e da inveja se abrem porque não sabem escutar logo o "pássaro da alma". Desenharam o seu próprio pássaro da alma, mencionando as gavetas daquelas suas emoções e daqueles seus segredos mais escondidos. 
Os alunos concluíram a comemoração com a produção de um texto sobre este dia muito significativo.


DIA ESCOLAR DA NÃO VIOLÊNCIA E DA PAZ

Dia escolar
da não violência
nada de lutar
tem paciência.    

Se tens boa cabeça                                                  
porquê então
usar a violência?

Não ser violento
É a melhor atitude.

Se queres amor
carinho
liberdade
diz não à maldade.

Se um dia foste capaz de ser agressivo…
também és capaz de parar.
Chegou a hora de mudar.

Texto coletivo
Turma VA 4A



Uma mensagem poética para a alma. Assim pode ser definido o livro 'O pássaro da alma - Uma mensagem de paz'. De maneira subtil, o livro faz uma leve reflexão sobre os segredos de cada um de nós e o quanto e como lidamos com eles. A autora revela que há uma chave para cada uma das emoções humanas, uma para a felicidade, outra para o amor e até mesmo para o ciúme. Apenas o pássaro da alma tem a chave certa para abrir cada uma dessas gavetas e deixar o sentimento florir. Mas, às vezes, o pássaro parece nos desobedecer - quando pedimos tolerância e ele nos devolve medo, quando pedimos calma e ele nos devolve ódio. De forma singela, este livro-presente ensina como entender a mensagem escondida do pássaro e a descobrir mais sobre a verdade contida em cada um de nós.
Esta obra foi galardoada com o Primeiro Prémio Internacional atribuído pela Fundação Espaço Crianças em Genebra no ano de 1993.
(informação recolhida da sinopse da obra)







A data do Dia Escolar da Não-Violência e da Paz foi instituída em 1964, em Espanha pelo poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenç Vidal, mas foi acolhida a nível internacional. Foi escolhido esta data, dia 30 de janeiro, por assinalar o falecimento de um dos maiores defensores da paz, da não-violência, da justiça e da tolerância entre os povos, o grande pacifista indiano Mahatma Gandhi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário